Arquivo da Categoria “Vitória”

Brasileirão 2015, um balaio de gatos?!

Balaio de Gatos/Crédito da Ilustração: Sizar
Segundo essa maravilha que é a internet, balaio de gato é uma expressão popular que significa confusão, encrenca, situação difícil, embaraço ou desordem (que Napoleão, meu gato, não escute isso).

Essa é sensação que o Brasileirão 2015 me passa. Não só pela parte encrenqueira da CBF, mas principalmente pelo bololô imprevisível que é o campeonato. A questão é: como resistir a um cesto cheio de gatinhos?! Impossível. Portanto, faz miau junto comigo e vamos tentar separar esses bichanos pra facilitar a vida e cumprir o ritual de arranhar uns pitacos no início da competição (Clique aqui pra saber o resultado dos meus pitacos em 2014)!

Primeiro, o balaio completo da Série A. Depois, os pitacos para os nordestinos na Série B.

Série A
Cesta da Libertadores

Internacional
Que gatinho traiçoeiro tem sido o Inter, hein? Todo ano, parece que vem forte pro Brasileirão, mas acaba se enrolando no fim. Será que esse ano vai?! Pra mim, é favorito ao título. Tudo depende se vai manter o nível dos últimos jogos da Libertadores e das finais do Estadual,.
Atlético-MG
Um gatinho meio manhoso, meio instável, mas que tem força e ataque pra brigar pelo título. Vai brigar pela cesta da Libertadores, mas eu não apostaria a ração do meu gato no título mineiro.
Corinthians
Gatinho de raça que começou o ano ganhando todas as atenções. Tem o melhor técnico do país e um elenco muito bom (Guerrero pode sair no meio do ano e time perde muito em poder de decisão naquele jogo encardido que terminaria 0 a 0). É candidato ao título e dono de um dos cantinhos da cesta da Libertadores.
Palmeiras
Nem 8 nem 80. Um gatinho badalado antes de entrar em campo, mas que demorou pra miar. Absolutamente natural pra um time remontado. Ainda acho que vai evoluir. Não deve ficar com o título, mas vai brigar pela Libertadores.
São Paulo
Depois de um início de ano tão complicado, é um gatinho meio imprevisível. Pode criar garras ou virar um Garfield. Minha aposta é que evolui, mas não a ponto de levar o título. Pode lamber uma vaga na Libertadores, no entanto.
Cruzeiro
Como é que tira o gatinho que dominou essa cesta nos últimos anos dela? Não dá pra descartar o Cruzeiro como um vira-lata qualquer (na verdade, NENHUM vira-lata deve ser nunca descartado!!!). O time titular perdeu e ganhou peças, mas não tem mais um elenco com o nível do último ano. Vai brigar pela Libertadores.

Balaio sul-americano
Todos aqueles gatinhos que você não sabe exatamente o que fazer. Não entram no cesto mais bonito do gatil, mas não necessariamente vão brigar pra não cair no balaio da 2ª divisão. Abaixo, mais ou menos na ordem, gatinhos que não estão nem muito pra cá, nem muito pra lá.

Santos
Falta elenco pra brigar por mais do que isso. O time vai precisar de mais fôlego do que os de Robinho e Ricardo Oliveira.
Grêmio
Time perdeu peças e não ganhou outras a altura. Não encaixou ainda.
Fluminense
Tem uma molecada muito boa mesclada com a experiência de Fred (e agora Magno Alves), mas parece que falta consistência pra brigar por algo grande.
Flamengo
Time tem mais qualidade do que o do ano passado, mas precisa evoluir muito ainda pra sonhar com algo mais.
Vasco
Time é competitivo pros jogos “menores”, mas é limitado tecnicamente e sem criatividade pra enfrentar os leões.
Sport
É o único nordestino na Série A. Depois de um 2014 muito bom, o felino caiu de produção em 2015. Até começou bem o ano, mas Eduardo Baptista começou a ter dificuldades em dar mais versatilidade à equipe. Tem jogadores, como o goleiro Magrão, o zagueiro Durval, o meia Diego Souza e o atacante Hernane, pra não passar nenhum sufoco no Brasileirão, mas vai depender da fase deles.
Figueirense
Um gatinho manso e estável, no início de temporada, que não deve correr grandes riscos, mas também não sonha alto.
Joinville
A estreia nos pontos corridos da Série A não será fácil. O time evoluiu, no entanto, na fase final do Estadual. Quem sabe não garante mais um ano no balaio da elite?

Balaio dos desesperados

Coritiba
Em 2014, 2014, passou 28 das 38 rodadas na zona do rebaixamento. Se livrou de cair pro balaio da Série B na penúltima rodada. Vai dar sustos na torcida mais uma vez esse ano.
Goiás
Em números (e o título), o time até que fez um bom primeiro semestre, mas o estadual, ainda com mais ênfase no caso do Goiás, não é parâmetro. A verdade é que o time ainda será testado.
Ponte Preta
Essa vida de sobe e desce mostra que o risco continua existindo, mas até que a Ponte Preta não fez feio no primeiro semestre.
Chapecoense
Tive teve uma queda de rendimento preocupante no fim do estadual. Se não evoluir, vai sofrer pra ficar mais um ano na elite.
Atlético-PR
Com um primeiro semestre pra esquecer, o Atlético-PR entra muito fraco pra competição. Risco de rebaixamento alto.
Avaí
O time é muito fraco tecnicamente e nem sempre vai ter fôlego. Vai sofrer e tem risco alto de rebaixamento.

Nordestinos na Série B
ABC
O time estava invicto na temporada até a derrota para o América-RN na final do Campeonato Potiguar. Problema é que, fora da Copa do Nordeste 2015, foi pouco testado nesse primeiro semestre. O time titular é jovem e pode evoluir, mas não acredito que seja suficiente pro acesso. Deve seguir no balaio da série B.
Bahia
A nova diretoria trouxe muitas mudanças para o clube. Responsável, pé no chão e guerreiro, o time entra em campo com uma atitude bem diferente da que deixou a Série A no ano passado. O grupo é bom, mas tem algumas carências, como as laterais e a zaga. Num campeonato longo (e fisicamente desafiante), o elenco vai fazer diferença. O título do estadual não é parâmetro, mas deu ânimo à torcida, que vai precisar empurrar o time mais uma vez de volta a Série A. Minha previsão é que volta pro balaio de cima e pode até sonhar com título caso consiga reforçar o elenco e conte com a boa fase de Kieza, Maxi e cia.
ATENÇÃO, TRICOLOR: Ainda não contribuiu pra campanha OS DEZ MAIS DO BAHIA?? Clique aqui pra ajudar e garantir um exemplar do livro com seu nome nele!
Ceará
Junto com o Bahia (e Botafogo), forma a trinca que entra com mais moral pro acesso ao balaio de elite e quem sabe título. O time que bateu na trave nos últimos anos, amadureceu, conquistou a Copa do Nordeste e chega com moral pra competição. A saída de Magno Alves para o Fluminense, no entanto, pode comprometer a campanha. Em muitos jogos em que o time não se encontrava em campo, era ele quem decidia. Candidato ao acesso.
CRB
Foi campeão estadual, mas não sobrou na competição. Para enfrentar desafios maiores, trouxe reforços, mas tudo depende se o time vai melhorar a ponta de conseguir se manter na Série B. É candidato a muitas miadas de sofrimento e um possível rebaixamento.
Náutico
Um primeiro semestre de muitos fracassos que pode ditar a campanha no campeonato nacional. A direção trouxe reforços, mas um time ainda é frágil. Deve permanecer no balaio, mas com dificuldades.
Sampaio Corrêa
Depois de um primeiro semestre carregado, é momento de reconstrução no Sampaio Correa. O time quase reverteu, em campo, a perda de 6 pontos pela escalação irregular de um atleta e chegou a fina do estadual, mas não levou o título. O técnico Oliveira Canindé deixou a equipe e muitos jogadores chegaram. Será complicado depender apenas dos gols de Robert (que já marcou 16 gols no ano). Acredito que permanece no mesmo balaio por mais um ano.
Santa Cruz
Campeão estadual, o time foi reformulado no início da temporada e tem dado certo. Faltam estrelas e futebol bonito, mas o conjunto é a aposta para voltar a primeira divisão. Na minha previsão, não é favorito, mas pode surpreender e pular pra dentro do balaio da Série A.
Vitória
Um primeiro semestre horroroso e que o Vitória gostaria de esquecer. A não classificação para a Copa do Nordeste 2016, no entanto, vai fazer eco na memória por muito tempo. Muita coisa mudou: presidente, técnico, jogadores… mas as ações e contratações ainda não mostraram resultado e o time ainda é uma interrogação que pode evoluir ou penar na Série B. Pra completar, a torcida tá na bronca e não tem apoiado o time, decepcionada com a perda de rumo, nos últimos anos, do time que dominou o cenário baiano por tanto tempo. Com tanta turbulência, o Vitória não é favorito ao acesso, mas tem tradição pra correr pro fora.

Comments Nenhum comentário »

Pitacos de quarta

Eu sei que cês adoram um palpite! Mas, todo pitaco tem seu fim e chegou a hora de pedir a conta da primeira fase da Copa do Nordeste! Então, vamos conferir se eu tô boa de bola de cristal e os comentários (e pitacos porque eu não sou de ferro) para as quartas de final da Lampions League.

Quartas da Lampions League

 

Grupo A: Serrano-BA, Confiança-SE, América-RN, Vitória
O que eu disse: favorito erao Vitória e a segunda força era o América.
Na mosca. \o/

Confronto das quartas: América x Vitória
O Vitória passa por um momento muito ruim. Foi eliminado no fim de semana do Campeonato Baiano e não avançou para as finais do estadual, logo está fora da Copa do Nordeste de 2016 (um tremendo vexame para o maior campeão da competição e péssima notícia técnica e financeiramente para o inicio de temporada que vem). Drubscky foi demitido e veio Claudinei Oliveira. Pra mim, a demissão de Drubscky foi errada. O elenco tem diversas falhas, estava longe do ideal e não tinha tudo uma grande apresentação até então, mas o técnico conseguia os resultados (tinha apenas uma derrota na temporada) e merecia o tempo pra evoluir a equipe. Pra completar, o presidente Carlos Falcão renunciou na noite de segunda-feira e o clube está em verdadeira ebulição. Afetará em campo? Capaz…
Enquanto isso, o América faz ótima campanha no Potiguar e vem para o jogo campeão do primeiro turno e, principalmente com a volta de Cascata, é um time bastante competitivo.
Hoje, meu pitaco é que o América passa.

Grupo B: Socorrense-SE, Coruripe-AL, Sampaio Corrêa-MA, Sport
O que eu disse: Sport favorito e Sampaio Côrrea brigando por vaga.
Considerando que o Sampaio perdeu pontos no tribunal e que se não fosse por isso teria classificado, minha bola de cristal segue translucida e afiada!

Grupo C: Piauí, Moto Clube-MA, Salgueiro, Náutico
O que eu disse: Náutico seria favorito, Moto e Salgueiro brigariam pela segunda vaga e que seria o grupo com maior possibilidade de surpresa.
Errei feio o Náutico, mas não fui tão mal assim na vaga do Salgueiro.

Grupo D: River-PI, Botafogo-PB, Fortaleza, Ceará
O que eu disse: Ceará seria favorito e Foratelza brigando.
Rá, acertei mais uma.

Confronto das quartas: Salgueiro x Ceará
Ceará passa, mas com dificuldade. Vai precisar de um dia inspirado de seus jogadores (alô, Magno Alves). O Salgueiro sabe fazer seu jogo fechadinho, mas no Castelão o negócio é complicado.

Confronto: Fortaleza x Sport
Apesar do Sport ser o único teime de Série A na competição e ter iniciado a temporada como o time a ser batido nordeste, acredito que vai ser um confronto equilibrado. O Fortaleza cresceu demais durante a temporada e a volta de Marcelo Chamusca deu um novo ânimo no time. Quase em cima do muro, mas já que não pode fazer isso aqui neste blog, vou de Sport pela superioridade técnica, mas o time vai ter que jogar mais do que tem jogado pra passar pelo Fortaleza..

Grupo E: Globo-RN, Campinense, CRB, Bahia
O que disse: Bahia favorito e CRB brigando pela segunda fase.
Palmas para o Bahia e vaias para o pitaco da segunda vaga!

Confronto: Campinense x Bahia
Apesar do Bahia ter tido alguma dificuldade nas duas partidas diante do Campinense na temporada (vitória magra estreia na Copa do Nordeste e empate na última rodada com o time reserva), é franco favorito. Do primeiro jogo para o confronto desta quarta, o Bahia evoluiu demais e vive fase destruidora no Estadual, com três goleadas seguidas. Não acredito que o Campinense consiga segurar Kieza, Léo Gamalho, Maxi Biancucchi e companhia.

Comments Nenhum comentário »

Começa, tã nan nan! Começa, tã nan nan!

Os anos passam, as redes balançam, os torcedores gritam e o futebol brasileiro segue abrindo as cortinas de sua temporada com estaduais ultrapassados, confusos e recheados de c e n a s l a m e t á v e i s. Pior é ter a certeza que se os donos do teatro cuidassem bem do produto e estivesse abertos a procurar alternativas para valorizar o espetáculo, a coisa seria diferente.

Mas, o assunto desse texto, como vocês já sabem, é outro. Porque se existe alguma competição brasileira, nesta abertura de temporada, que me faz levantar da poltrona de ansiedade é a Copa do Nordeste. Um exemplo (escancarado) de alternativa competitiva, lucrativa e atrativa para os clubes e para o público. O campeão, por exemplo, leva, só de premiação e cota de TV  – sem contar com as rendas – quase três milhões de reais, que é a cota que um time ganha pra participar de toda a Série B, que tem 38 jogos (na Copa do Nordeste, o campeão faz 12 jogos). Os semifinalistas ganham mais 275 mil cada um e, no total acumulado, o vice-campeão fica com um milhão e duzentos mil reais, enquanto o campeão coloca dois milhões e oitocentos mil reais no bolso. Se falar no público, né?

Vai começar a Copa do Nordeste

Dito isso, vamos ao que interessa neste blog: pitacos e comentários sobre os artistas do espetáculo! Abre essa cortina, Nordeste!!!!

Grupo A: Serrano-BA, Confiança-SE, América-RN, Vitória
Favorito: Vitória
O time baiano teve um 2014 terrível, mas tem elenco e tradição pra brigar pelo título da Copa do Nordeste. No campo, é um time novo, com novo técnico, que ainda está sendo experimentado e testado. Pode ser um obstáculo para o título, mas o meio campo com Jorge Wagner e Escudero pode dar liga e existem outros jogadores com potencial, como o meia Vander. O América junto os cacos do fim de 2014, mas é a segunda força do grupo. Serrano e Confiança brigam por fora. Não imagino surpresas aqui.

Grupo B: Socorrense-SE, Coruripe-AL, Sampaio Corrêa-MA, Sport
Favorito: Sport
O Sport é único time da Copa do Nordeste que permanece na Série A, além de ser o atual campeão. Mais do que isso, manteve praticamente todo o time titular de 2014 e o técnico Eduardo Baptista que faz um belo trabalho no clube. O Sampaio Corrêa, com um especialista em mata-mata no banco, Oliveira Canindé, briga por uma vaga, mas perdeu peças importantes que foram destaque na temporada passada. Os dois outros integrantes do grupo não devem incomodar.

Grupo C: Piauí, Moto Clube-MA, Salgueiro, Náutico
Favorito: Náutico
Acredito que seja o grupo com maior possibilidade de surpresa. O Náutico é favorito pela experiência e tradição, mas teve muito problemas financeiros na temporada passada e a diretoria adotou uma postura pé no chão. É uma incógnita. Moto e Salgueiro brigam coladinhos por uma vaga e podem surpreender enquanto o Piauí corre por fora.

Grupo D: River-PI, Botafogo-PB, Fortaleza, Ceará
Favorito: Ceará
Com um elenco forte, e reforçado em 2015, o Ceará tem boas chances de brigar pelo título novamente. O rival Fortaleza iniciou a temporada com o desfalque do técnico Marcelo Chamusca, perdeu peças e montou um time fraco. A rivalidade coloca fogo na disputa, mas o Ceará está num patamar acima do tricolor. O Botafogo não é um time morto, mas deu azar no sorteio do grupo. O River é franco atirador.

Grupo E: Globo-RN, Campinense, CRB, Bahia
Favorito: Bahia
O tricolor baiano tem um péssimo retrospecto na competição nos últimos dois anos, mas a diretoria nova parece ter um “carinho” maior pela competição. É um ano de reinvenção. O grupo tem caras novas, muita gente da base e bons reforços, como o goleador Léo Gamalho, além de ter trazido o técnico Sergio Soares. Não pegou um grupo dos mais difíceis e tem tudo pra passar, mas nunca se sabe, né? O CRB deve ser o maior adversário do Bahia. O Campinense não deve repetir, nem de perto a campanha campeã de 2013 e o Globo, apesar de merecer aplausos pelo crescimento meteórico no futebol, não deve ir longe.

Serviço pra facilitar a vida de vocês porque sou boazinha!

Terça-feira, 03/02

Botafogo-PB x River-PI – – 21h45 (Horário de Nordeste), 22h45 (Horário de Brasília) – Esporte Interativo Nordeste

Quarta-feira, 04/02

Bahia x Campinense – 19h (Nordeste), 20h (Brasília) – Esporte Interativo (somente TV paga)

Ceará x Fortaleza – 21h20 (Nordste) 22h20 (Brasília) – Esporte Interativo

Sampaio Corrêa x Sport – 21h20 (Nordeste), 22h20 (Brasília) – Esporte Interativo Nordeste

Confiança x Vitória – 21h (Nordeste), 22h (Brasília) – Ao vivo no EI Plus com meus comentários!

Quinta-feira, 05/02

Serrano x América – 19h (Nordeste) 20h (Brasília) – Esporte Interativo Nordeste

Náutico x Salgueiro – 19h45 (Nordeste) 20h45 (Brasília) – Esporte Interativo (Somente TV paga)

Piauí x Moto Club – 22h (Nordeste) 23h (Brasília) – Esporte Interativo

Globo x CRB – 21h45 (Nordeste) 22h45 (Brasília) – Esporte Interativo Nordeste

 

 

Comments Nenhum comentário »

Brasileirão 2014 – O acerto de contas

Chegou aquele momento em que vocês cobram a conta dos meus pitacos (lembram da Dona Baratinha?!), no início do ano, do Brasileirão! Será que eu me dei mal?! Será que sou vidente e não sei? É hora de pedir a dolorosa! De fechar a fatura! De receber a nota fiscal! De garantir a saideira! De fazer a soma! De pegar a calculadora! De abrir a carteira!

Tá bom, Clara, a gente já entendeu! Então tá bom, chama o garçom, pede a sua conta também, e vamos lá!

Fecha a conta!!!
Série A
*Acertos no alvo valem 3 pontos. Passar perto vale 1. Passar longe, -1. Errar loucamente, -3.

Atlético-MG
O que eu disse: Briga por libertadores, mas não leva o título.
Prestando as contas: Brigou pela Libertadores até quase o fim, quando levou a vaga pela Copa do Brasil! Traz uma cerveja na conta da casa pra mim! (+3)

Atlético-PR
O que eu disse: Meio da tabela pra baixo.
Prestando as contas: Terminou em 8°. Não cravei, mas também não passei longe, vai!? (+1)

Bahia
O que eu disse: Meio da tabela pra baixo.
Prestando as contas: O Bahia foi rebaixado, como todo mundo sabe. Não achei que fosse cair no início do ano. Paguei caro. (-1)

Botafogo
O que eu disse: Meio da tabela pra baixo.
Prestando as contas: Situação idêntica ao Bahia. Paguei caro. (-1)

Chapecoense
O que eu disse: Candidato fortíssimo ao rebaixamento.
Prestando as contas: Ê laiá! Não coloquei fé no futebol da Chapecoense, que escapou do rebaixamento em 2014. (-3)

Corinthians
O que eu disse: Meio da tabela pra cima.
Prestando as contas: Ficou com a Libertadores. Errei. Pago cerveja cara. (-1)

Coritiba
O que eu disse: Meio da tabela pra baixo.
Prestando as contas: Time ficou na 14ª posição. Acertei. Ganho desconto. (+3)

Criciúma
O que eu disse: Candidato ao rebaixamento.
O que aconteceu: Caiu em último lugar. Mais cerveja na conta da casa pra mim. (+3)

Cruzeiro
O que eu disse: É candidato ao título.
O que aconteceu: Rá! Rodada dupla pra mim. (+3)

Figueirense
O que eu disse: Candidato ao rebaixamento.
O que aconteceu: Time fez boa campanha pro que se pensava e acabou em 13° lugar. Aumenta a conta, garçom. (-3)

Flamengo
O que eu disse: Meio da tabela.
O que aconteceu: Décimo lugar. Mais no alvo, impossível. Mereço uma rodada tripla “de grátis”. (+3)

Fluminense
O que eu disse: Meio da tabela pra cima.
O que aconteceu: Fui bem, vai?! (+1)

Goiás
O que eu disse: Candidato ao rebaixamento.
O que aconteceu: 12º lugar. Errei. Conta extra pra mim. (-3)

Grêmio
O que eu disse: Briga por Libertadores.
O que aconteceu: Brigou pela Libertadores até a penúltima rodada do Brasileiro. Ponto pra mim. (+3)

Internacional
O que eu disse: Briga por Libertadores.
O que aconteceu: Brigou e levou! Melhor pra mim que ganho desconto na conta. (+3)

Palmeiras
O que eu disse: Meio da tabela pra cima.
O que aconteceu: Apesar do esforço, conseguiu não cair! Chope aguado pra mim. (-3)

Santos
O que eu disse: Briga por Libertadores.
O que aconteceu: Não brigou foi por nada hora nenhuma! (-1)

São Paulo
O que eu disse: Briga por Libertadores.
O que aconteceu: Desce mais um chope que o São Paulo foi vice-campeão! (+3)

Sport
O que eu disse: Meio da tabela.
O que aconteceu: Terminou o Brasileirão em 11º. Descontos pra mim!!! (+3)

Vitória
O que eu disse: Meio da tabela.
O que aconteceu: Achei que o melhor desempenho de um nordestino neste formato do Brasileirão na história em 2013 fosse trazer reflexos. Errei. (-3)

Série B
Nordestinos

ABC
O que eu disse: o ABC deve sofrer na Série B.
O que aconteceu: Difícil é não sofrer na Série B, né?! Mas o ABC não foi bem e ficou na 14ª posição. (+3)

América-RN
O que eu disse: A barata aposta que será a surpresa da Série B e que o Mecão pode sonhar em beliscar uma vaga na Série A.
O que aconteceu: #jesusmariajosé errei feio. O Mecão caiu pra Série C. Conta superfaturada pra mim. (-3)

Ceará
O que eu disse: Briga pelo acesso.
O que aconteceu: Lutou pelo acesso no primeiro turno, mas caiu depois pro 8º lugar. (+1)

Icasa
O que eu disse: Pode bater na trave mais uma vez pelo acesso.
O que aconteceu: Na trave???? Passou foi longe! O Icasa foi rebaixado. (-3)

Náutico
O que eu disse: Briga pelo acesso.
O que aconteceu: Oxi, errei! Náutico ficou em 13°. (-3)

Sampaio Corrêa
O que eu disse: O objetivo aqui é se manter na Série B.
O que aconteceu: 10ª posição. Nem lá, nem cá! (+1)

Santa Cruz
O que eu disse: Santa pode não ter vida fácil na Série B e amargar mais um ano por lá.
O que aconteceu: No meio da tabela, o Santa fecha minha conta com mais +3 pra mim!

TOTAL: 9 pontos POSITIVOS!!!!

Comments 2 comentários »

A Barata diz que tem / O Brasileiro diz que tem

A barata e seus palpites

A Barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata, ela tem é uma só
Ah ra ra, iá ro ró, ela tem é uma só!

A Barata diz que tem um sapato de veludo
É mentira da barata, o pé dela é peludo
Ah ra ra, Iu ru ru, o pé dela é peludo!

A Barata diz que tem um anel de formatura
É mentira da barata, ela tem é casca dura
Ah ra ra , iu ru ru, ela tem é casca dura

A Barata diz que tem um sapato de fivela
É mentira da barata, o sapato é da mãe dela
Ah rá rá, oh ró ró, o sapato é da mãe dela!

Essa musiquinha (uma cantiga popular) pode ser facilmente adaptada pra um certo Brasileiro que também se acha, mas na verdade…

O Brasileiro diz que tem 20 times competindo
É mentira do campeonato, uma liminar vem vindo
Ah rá rá, oh ró ró, uma liminar vem vindo

O Brasileiro diz que tem estádios cheios e modernos
É mentira do campeonato, média de público tá no inferno
Ah rá rá, oh ró ró, média de público tá no inferno

O Brasileiro diz que tem qualidade e muitos craques
É mentira do campeonato, o nível dele é de araque
Ah rá rá, oh ró ró, , o nível dele é de araque

É claro que isso é uma brincadeira, mas não é mentira da barata que nosso principal campeonato nacional poderia estar muito melhor. De qualquer forma, como já virou tradição, aí vão meus pitacos e minhas análises (em ordem alfabética) para o Brasileirão 2014, com destaque para os nordestinos, claro.

Série A

Atlético-MG
A barata diz que o galo tem um dos melhores times da competição, mas que parece um time menos consistente e focado que o de 2013. Vale lembrar também que o Atlético começa o Brasileiro dividindo as atenções com a Libertadores. Briga por libertadores, mas não leva o título.

Atlético-PR
A barata diz que a surpresa de 2013 não vai se repetir.  Mais uma vez, o clube apostou no time sub-23 para a disputa do estadual enquanto o time principal focava na Libertadores, mas, desta vez, os meninos caíram na semifinal do Paranaense e os profissionais na fase de grupos da Libertadores. O clima no vestiário não é bom (e Adriano, hein?!?! Parece até mentira da barata!!!!) e o time só poderá jogar na Arena da Baixada,  a partir da 19ª rodada já que terá que cumprir nove jogos de punição em virtude da briga durante o jogo contra o Vasco, na Arena Joinville, pelo Campeonato Brasileiro de 2013. Meio da tabela pra baixo.

Bahia
A barata diz que o Tricolor começa o ano mais tranquilo que em 2013. Foram muitas mudanças e o torcedor ganhou um time com muito mais garra e comprometimento, ainda que não seja o ideal. Não é a toa que, em pouco mais de seis meses, o clube passou de 600 sócios torcedores à quase 25 mil tricolores associados. Apesar da eliminação ainda na fase de grupos da Copa do Nordeste, Marquinhos Santos conseguiu que o time evoluísse nos primeiros meses do ano, o que culminou no título estadual diante do Vitória. O time não perde um Ba-Vi há sete clássicos e está invicto há 12 jogos e a diretoria ainda promete reforços para o Brasileirão. No grupo, destaque pra Anderson Talisca, cria da base, artilheiro (6 gols) e líder de assistências (6) da equipe na temporada.  Meio de tabela pra baixo.

Botafogo
A barata diz que tem coisas que só acontecem com o Botafogo. O título de campeão nacional está longe de ser uma delas, no entanto. Focado na disputa da Libertadores, os profissionais acabaram eliminados na fase de grupos. O clube ainda enfrenta um péssimo momento fora de campo, com muitas dificuldades de pagar os salários dos jogadores. Meio da tabela pra baixo.

Chapecoense
A barata prevê um campeonato difícil pro time que tem poucos recursos e disputa pela primeira vez a Série A do Brasileiro (pontos corridos). Candidato fortíssimo ao rebaixamento.

Corinthians
Depois de um início de temporada desastrosa, a diretoria se mexeu e trouxe reforços, mas a barata não acha que será suficiente pra brigar pelo título. Meio da tabela pra cima.

Coritiba
A barata informa que o time ainda não se encontrou na temporada. Pode evoluir, mas não deve ir longe. Meio da tabela pra baixo.

Criciúma
A barata diz que o Criciúma vai longe no ano. É mentira da barata, o time deve brigar pra não cair. Candidato ao rebaixamento.

Cruzeiro
É candidato ao título, mas a barata acha difícil que a taça caia de novo no mesmo lugar. Tem, talvez, o melhor elenco do país, mas divide as atenções com a Libertadores. Briga justamente por ela, em 2014.

Figueirense
O time não pode ser ambicioso, coisa que a barata deveria aprender também. Candidato ao rebaixamento.

Flamengo
A barata não bota muita fé no time montado pelo Flamengo. Apesar do título estadual, a eliminação na fase de grupos da Libertadores mostra que o ano não deve ser de maiores conquistas. Meio da tabela.

Fluminense
Ainda que tenha um elenco de qualidade, a barata desconfia desse Fluminense. Apesar de focado no Brasileirão, o time é uma gangorra. Não seria supresa brigar por Libertadores, tão pouco se brigar pra não cair. Meio da tabela pra cima.

Goiás
O time começa o Brasileiro com ambiente conturbado e o ânimo lá embaixo. Segundo a barata, o vice-campeonato estadual e a eliminação precoce na Copa do Brasil pesaram. Candidato ao rebaixamento.

Grêmio
Uma das apostas da barata para o título, caso consiga conciliar a competição com a Libertadores. Briga por Libertadores.

Internacional
Mais uma vez o Internacional começa o ano de forma promissora e com um elenco pra ser campeão nacional. Em todas as ultimas edições, o rótulo de favorito não passou do papel e o inter não conseguiu quebrar o jejum que já dura desde 1979. A barata está com receio da história se repetir. Briga por Libertadores.

Palmeiras
Depois de uma temporada na Série B, o time tenta se reconstruir na elite. A barata acha que o time é promissor. Meio da tabela pra cima.

Santos
A barata destaca o foco total do Santos no Brasileirão. Apesar do título paulista não ter vindo, o elenco pode fazer mais do que no ano anterior. Briga por Libertadores.

São Paulo
A barata lembra que aqui é trabalho! Se o time encaixar com Alexandre Pato, Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano, vai longe no Brasileirão. Briga por Libertadores.

Sport
A barata coloca fé que esse é o ano do Sport permanecer entre os grandes e evitar o efeito gangorra que o acompanha nos últimos anos. O time começou 2014 enrolado, mas a chegada de Eduardo Batista ao comando mudou completamente a atitude em campo. Com Neto Baiano em fase espetacular, o clube conquistou o tricampeonato da Copa do Nordeste, um teste muito mais interessante e válido do que os fracos estaduais (que o time ainda pode conquistar). Se mantiver a pegada, pode surpreender. Meio da tabela.

Vitória
A barata já esqueceu o time que surpreendeu em 2013 e brigou por vaga na Libertadores até a última rodada. O Vitória fez um início de temporada sem brilho e com muitas incertezas, principalmente na defesa. Pra completar, perdeu seu principal jogador no meio de campo, Escudero (lesionado). Era um dos favoritos ao título na Copa do Nordeste, mas caiu ainda nas quartas de final com direito a goleada sofrida para o Ceará. No campeonato estadual, não conseguiu vencer o Bahia em nenhum dos quatro encontros no ano. Não deve repetir o desempenho de 2013. Meio da tabela.

Série B 
Nordestinos

ABC
Depois de um início de temporada desastrosa (não se classificou para a final do campeonato potiguar e não garantiu vaga na Copa do Nordeste de 2015), o ABC parece ter encontrado um caminho, ao menos. O elenco não está pronto e a saída de jogadores como Lucio Curió e Daniel Paulista, considerado líder do grupo, foi recebida com estranhamento pela torcida e imprensa. Pra reforçar a equipe, a diretoria aposta no veterano atacante Dênis Marques, dispensado pelo Santa Cruz. A barata não correria os riscos que a diretoria assumiu. Com, adversários ainda mais complicados do que no estadual, o ABC deve sofrer na Série B.

América-RN
O time evoluiu muito durante o primeiro semestre e deve conquistar o título potiguar nos próximos dias. Desde a chegada do técnico Oliveira Canindé o time não sabe o que é perder: são 10 jogos, 9 vitórias, incluindo uma contra o Ceará, e apenas um empate. A chegada do meia Arthur Maia, emprestado pelo Vitória deu qualidade técnica a um time que tinha bom conjunto. A barata aposta que será a surpresa da Série B e que o Mecão pode sonhar em beliscar uma vaga na Série A.

Ceará
Vice-campeã da Copa do Nordeste, o Ceará tem um elenco forte e experiente. O veterano Magno Alves, vice artilheiro do Brasil em 2013, segue em grande fase e pode ser decisivo. A barata aposta nele na briga pela artilharia da competição. Pra completar, a conquista do campeonato cearense no ano de seu centenário pode embalar o time. Briga pelo acesso.

Icasa
O time ainda divide suas atenções entre o campo e os tribunais, já que ainda tem a esperança de conseguir uma vaga na Série A (a barata duvida). Se na elite, é um dos candidatos ao rebaixamento, o momento conturbado pode tirar o foco no início da Série B. Com um elenco limitado, o Icasa não conseguiu fazer frente a Ceará e Fortaleza no Estadual e pode bater na trave mais uma vez pelo acesso.

Náutico
Depois de um 2013 desastroso, o time passou por uma completa restruturação. A chegada de novos jogadores e do técnico Lisca, com um perfil “chacoalhador”, como lembra muita bem a dona barata, trouxe ares diferentes e o time evoluiu na temporada, ainda que não tenha alcançada uma estabilidade ideal. Briga pelo acesso.

Sampaio Corrêa
Motivação é o que não falta ao Sampaio Correa. A barata ficou impressionada com o crescimento do clube (e que torcida!) nos últimos anos. Em 2012, subiu da D pra C e, em 2013, da C pra B. O técnico Flávio Araújo foi campeão maranhense, no entanto, encontrará dificuldades bem maiores na competição nacional de 2014 e o time é limitado. O objetivo aqui é se manter na Série B e ganhar corpo e experiência pra seguir sonhando com, enfim, um acesso à elite do futebol brasileiro.

Santa Cruz
O campeão Brasileiro da Série C chega abalado para o início da competição nacional. Segundo a barata, o time não digeriu bem a derrota para o Sport nas semifinais do Campeonato Pernambucano, quando foi eliminado nos pênaltis. Com atuações irregulares, nos oito clássicos pernambucanos no ano, contra Sport e Náutico, foram quatro derrotas, dois empates e duas vitórias, o Santa pode não ter vida fácil na Série B e amargar mais um ano por lá.

Comments 1 comentário »

Caminhos, direções, esquerdas e direitas para 2014

Vire a esquerda para mudanças. Se a intenção for seguir o planejado, vire a direita.

Esquerda ou direita?!

E assim o Bahia pegou o caminho da esquerda e o Vitória pegou o da direita.

 

Bahia 2014

Sim, porque o Bahia é um novo Bahia. Um time que mudou de comando, de atitude, de sentimento, de elenco e de posicionamento. Que tirou da bagagem todo o peso que fazia o caminho parecer muito mais longo, tortuoso e embolado. Um caminho que não tinha futuro e que desrespeitava o passado.

O novo Bahia trouxe um técnico com novas ideias e pensamentos modernos. O novo Bahia saltou de 600 sócios para quase 20 mil depois de deixar as malas sem alças pelo caminho. O novo Bahia trouxe reforços e se livrou de fracassos. O novo Bahia deixou o desanimo pra traz e trouxe a força do torcedor pro seu lado durante sua viagem. Uma viagem onde nem tudo é unanime ou correto (eu não teria destravado as portas para a saída de Feijão, por exemplo), mas que tem um destino desejado em comum. E isso faz toda a diferença na mudança.

E por falar em mudança, o Tricolor que veremos em campo está bastante reformulado. Com todos os contratados disponíveis (dois reforços, Maxi e Pittoni e 11 apostas) no papel, eu escalaria um Bahia ofensivo, sem um atacante de referência na área. Maxi faz o que o povo resolveu chamar agora de falso 9 e outros dois atacantes preenchem o ataque pelos lados. Só não vale ficar cruzando pra área, não é?! Tem que ver se o time vai dar liga pra manter a bola no chão nessa formação.

Como opção, torço muito pelo sucesso do garoto Rafael Gladiador. É boa opção usar o centroavante pro segundo tempo de um jogo enjoado, por exemplo. No meio, escalei Branquinho, mas é uma posição que Talisca pode brigar pra entrar. O que é uma boa pro moleque crescer. No mais, só quando a bola rolar.

Agora vamos pra direita. Porque esse é o caminho do Vitória. Um time que fez uma campanha SENSACIONAL em 2013 e quer não quer mudar de rumo. A gente fala tanto da dificuldade de clubes nordestinos (ou com menos poder financeiro) em competir de igual pra igual com os grandes do futebol brasileiro e o Vitória de 2013 (tendo acabado de voltar pra série A) mostrou que é difícil, mas não é impossível.
Escalação Vitoria 2014
E o Rubro-Negro deu uma bela guinada em manter boa parte de seu elenco e o técnico Ney Franco, que conseguiu fazer um Vitória eficiente e bonito de se ver. Sobre a saída de Maxi, pior seria perder Escudero. Ele é o responsável pelo equilíbrio do Vitória em minha opinião.

O Vitória começa 2014 com a quinta marcha engatada, com uma direção clara e muito combustível. Abaixo, minha escalação ideal antes da bola rolar (e uma defesa meio no escuro já que precisamos ver que dupla de zaga vai funcionar)!

Wilson; Ayrton, Dão, Ferrari e Mansur; Cáceres, Escudero e Juan; Marquinhos, Willie e Pedro Oldoni.

Dito isso e já que a Copa do Nordeste COMEÇOU HOJE (corre pra garantir o Esporte Interativo Nordeste na sua telinha, minha gente!!!!!!), vamos aos meus palpites grupo por grupo. Mas, antes, vamos lembrar que:

A Copa do Nordeste terá um calendário maior: em 2014, a Copa do Nordeste começa em janeiro e termina em abril. O sucesso da competição fez com que ela tivesse o tempo de duração aumentado.

A Bola oficial da competição ganhou o nome de Asa Branca, escolha dos próprios torcedores que votaram pela internet. A bola é a primeira do Brasil que tem estampada a marca da competição. Ela foi fabricada em Itabuna, na Bahia, por isso tem a inscrição “made in Nordeste”.

Álbum de Figurinhas: a partir de fevereiro, chega o álbum de figurinhas oficial da competição, feito pela Panini . Além da Copa do Nordeste, somente o Campeonato Brasileiro tem um álbum de figurinhas, no Brasil.

Premiação: as cotas aumentaram, com relação à Copa do Nordeste de 2013. Agora, o campeão pode levar, entre direitos comerciais e bilheteria, R$ 3 milhões.

Estádios de Copa: no ano passado, a inauguração do primeiro estádio de Copa, o Castelão, foi realizada em uma rodada dupla pela Copa do Nordeste. Neste ano, quatro estádios de Copa irão receber jogos da competição: Arena Pernambuco, Arena das Dunas, Fonte Nova e Castelão.

Vaga na Sul-Americana: o campeão da Copa do Nordeste deste ano, garante vaga na Copa Sul-Americana.

Grupo A:
Vitória
, América-RN, Confiança e Sergipe
Grupo B:
Bahia, Santa Cruz
, CSA e Vitória da Conquista
Grupo C:
Ceará, CRB
, Treze e Potiguar de Mossoró
Grupo D:
Sport, Náutico, Guarany de Sobral e Botafogo-PB

Favoritos ao título: Vitória, Ceará, Sport e Bahia (nessa ordem)

Comments Nenhum comentário »

Porque a gente ama odiar o Brasileirão

A gente critica, fala mal, xinga, reclama das datas, resmunga dos jogadores, passa mal com a arbitragem, acha que tem um monte de defeito, diz que precisa mudar isso e aquilo, protesta do nível, acusa de ser a casa da mãe joana e o escambau. Mas, a verdade verdadeira no nosso coraçãozinho futebolístico é que a gente ama até ficar roxo, tricolor, rubro-negro, verde, alvi-negro, colorado, celeste e arco-íris e tem os quatro pneus arriados pelo Brasileirão.

Vai me dizer que não? Pode confessar que ninguém está ouvindo… Confessou? Então vamos ao que interessa: pitacos e adivinhações!

No ano passado, meu pitacômetro não estava muito afiado. Eu coloquei Santos, Corinthians, Fluminense e Vasco entre os quatro primeiros e, como vocês sabem, apenas o Fluminense, campeão, realmente ficou por lá (ao lado de São Paulo, Grêmio e Atlético-MG). Na parte de baixo na tabela, eu rebaixei Sport, Náutico, Portuguesa e Figueirense. Acertei ao menos dois (Sport e Figueirense). Este ano, novamente, já que esta mocinha (nem tanto) aqui adora um pitaco e não tem medo de quebrar a cara, vamos fazer esse exercício de advinha, digo, análise.

Reprodução

Escolhi quatro candidatos ao título e quatro candidatos ao rebaixamento. Eles são, respectivamente, meus quatro primeiros da tabela de cima e os quatro últimos. E vamos ao que interessa, em ordem alfabética (apesar do primeiro time merecer essa primeira posição):

Atlético-MG
É o melhor time brasileiro no momento. Tem jogadores talentosos e decisivos (o que é talento sem os nossos três pontos querids de cada rodada não é?) e mostra uma regularidade impressionante pra um time no primeiro semestre. Nessas bandas de cá, ninguém tem jogado mais e melhor que o Atlético-MG. Candidato ao título.

Atlético-PR
Acabou de voltar à elite e fez um planejamento ousada para 2013, mas que tem dado certo. Mandou um time sub-23 para o estadual e mesmo assim quase levou a taça. Com isso, conseguiu reservar praticamente todo o primeiro semestre para a pré-temporada. A equipe principal fez apenas os jogos da Copa do Brasil onde avançou para a 3° fase. O time ainda precisa ser testado em confrontos mais difíceis, mas deve brigar por mais do que para fugir do rebaixamento.

Bahia
Êta lelê… Eu gostaria de fazer uma previsão melhor para o Bahia, mas o negócio não está nada bonito para o tricolor baiano. A equipe fraca que brigou para não cair em 2012 não foi reforçada, não ganhou qualidade e, pra completar, reflete (e sofre) o não planejamento de uma diretoria que não cansa de repetir os mesmos erros. Num primeiro semestre terrível, já trocou de técnico duas vezes, não conseguiu passar nem da primeira fase da Copa do Nordeste, chegou a final do estadual graças ao regulamento mesmo com uma campanha ruim e ainda levou duas goleadas históricas e humilhantes para o seu maior rival. Ah! Ainda teve a desclassificação na Copa do Brasil para o Luverdense. Não é à toa que a torcida iniciou uma campanha de público zero entre outras ações para resgatar o Bahia. Candidato ao rebaixamento.

Botafogo
O time carioca evoluiu muito nesse primeiro semestre. Levou o estadual de forma merecida e convincente. Além de bons jogadores, tem Seedorf para liderar o grupo e tentar colocar o Botafogo de volta na luta pela Libertadores. Um passarinho da intuição sopra no meu ouvido que o time pode ter sucesso na Copa do Brasil, mas acho que não deve brigar pelo título do Campeonato Brasileiro.

Corinthians
Não tem sido o time tão regular e compacto que conquistou continente e mundo em 2012, mas a base está toda lá. Com a eliminação da Libertadores, é natural que sofra uma ou outra mudança e com a intensidade apresentada no ano passado em campo de volta, vai ser complicado segurar o time de Tite. Candidato ao título.

Coritiba
A chegada de Alex trouxe um ganho imenso para o Coritiba no Brasileirão 2013. Apesar da desclassificação na Copa do Brasil, o atual campeão paranaense teve boas atuações no primeiro semestre. Não deve fazer feio, mas não briga pelo título.

Criciúma
Apesar da evolução durante o campeonato catarinense que acabou no seu 10° título estadual, o Criciúma não tem elenco para muita coisa num campeonato longo como o Brasileirão. Candidato ao rebaixamento.

Cruzeiro
O time mineiro não tem feito feio. Sobrou na primeira fase do Estadual e se reforçou. Os torcedores começam o Brasileirão com mais esperanças do que nos últimos anos e o time pode brigar por uma vaga na Libertadores, mas que eu não aposto.

Flamengo
O clube passa por uma restruturação e por algum tempo, o Flamengo deve ficar fora da luta por grandes conquistas. Com um elenco cheio de jovens e jogadores não tão conhecidos da torcida, não deve sofrer tanto quanto em 2012, mas também não briga na parte de cima da tabela.

Fluminense
O campeão brasileiro de 2012 não é mais o mesmo. A regularidade e o rendimento do time de Abel caíram, mas ele ainda segue sendo um dos mais fortes em 2013. O elenco tem qualidade e poder de decisão. Candidato ao título.

Góias
Passando por boa fase após o título da Série B em 2012 e o estadual, em 2013, o Góias quer surpreender. O time, no entanto, ainda precisa ser testado contra adversários de maior peso e num campeonato longo como o Brasileirão. Deve passear perto da zona de rebaixamento, mas não está entre os meus quatro candidatos ao sofrimento da queda.

Grêmio
Depois de muito gastar, o Grêmio tem provavelmente um dos melhores elencos deste Brasileirão. Tem qualidade para brigar no topo da tabela, mas ainda não encaixou. Pode se encontrar e evoluir durante o Brasileirão? Pode e até deve crescer na competição, mas não acho que vai brigar pelo título.

Internacional
O time campeão estadual de 2013 é muito bom. O elenco é forte e teve um primeiro semestre animador. Talvez seja o menos festejado entre os favoritos, mas briga lá em cima na tabela. Candidato ao título.

Náutico
Vida do Náutico não está boa não… Decepcionou no Campeonato Pernambucano e foi eliminado pelo Crac na 1ª fase da Copa do Brasil. O time base é fraco e a promessa de reforços não deve mudar esse panorama de forma considerável. Candidato ao rebaixamento.

Ponte Preta
O time não é nenhuma maravilha do futebol, mas conseguiu se arrumar no primeiro semestre. Com a quinta colocação no estadual e a vaga garantida na terceira fase da Copa do Brasil, a Ponte deve ficar acima da briga pelo rebaixamento.

Portuguesa
A permanência na Série A em 2012 após o rebaixamento no Campeonato Paulista já foi uma bela conquista na última temporada. Em 2013, no entanto, a Portuguesa tem muito a temer, mesmo com o título da Série A-2 do Campeonato Paulista. Foi eliminada na primeira fase da Copa do Brasil para o modesto Naviraiense e sofreu uma goleada para Comercial por 7×0, na fase decisiva da Série A-2. Candidato ao rebaixamento.

Santos
A gente fala tanto de Neymar que esquece do Santos. Tirando ele do time, o Peixe não é um time tão ruim assim. O elenco tem outros jogadores de qualidade, mas é claro que o talento para arrancar uma conquista está no craque. Caso ele realmente fique no Brasil, o Santos ganha em protagonismo, mas não acho que seja o suficiente para brigar pelo título.

São Paulo
Taí um time que vira e mexe eu aposto no topo da tabela, mas só pra variar um pouquinho, eu não vou colocar tanta fé em 2013. Não foi nenhum espetáculo no primeiro semestre, mas tem bons jogadores no elenco e o retrospecto nos Brasileirões por ponto corrido que eu não consigo ignorar. Briga lá em cima, mas não pelo título.

Vasco
É pelo simples fato de que existem outros quatro times piores que o Vasco, em minha opinião, que o time cruz-maltino não está entre os quatro candidatos ao rebaixamento. O primeiro semestre foi feio e o técnico Paulo Autuori precisará de muita criatividade e paciência para conseguir alguma coisa no Brasileirão.

Vitória
O rubro-negro baiano teve um primeiro semestre bem mais feliz do que seu maior rival. As goleadas por 5×1 e 7×3 sobre o Bahia e o título do Campeonato Baiano deram moral ao time, que volta para Série A em 2013 com poucas ambições, mas com uma previsão sem tanto sofrimento. Apesar da eliminação precoce no Nordestão, o Leão não apresentou um futebol completamente ruim na competição e evoluiu no estadual. O time tem opções em seu elenco e se reforçou dentro um planejamento relativamente bom. Está longe de brigar pelo título, mas deve ficar acima da zona de rebaixamento.

Ufa! E vocês? Quais as previsões e pitacos para o Brasileirão 2013?

Comments 6 comentários »

Um domingo nada qualquer

Aí você acompanha a inauguração da Arena Fonte Nova pela televisão. Daí você se acaba de chorar no sofá porque não está lá com ela, porque todos os seus amigos postam mil fotos dela nas redes sociais, falam como ela está linda e você está ali em outra cidade que nem uma abestalhada chorando de saudade daquele lugar que viu seus primeiros sorrisos (e choros) no futebol.

Mas aí o que você faz? Corre pro computador pra comprar uma passagem pro próximo BaVi no estádio, conta os dias para o clássico e, quando chega o dia, tira um monte de foto (até porque eu não tinha fotos nas arquibancadas da velha Fonte e tive vontade de chorar quando me toquei disso) e aproveita cada pedacinho dela.

Foto: Clara Albuquerque

E eu não vou mentir, quase chorei (de novo) quando entrei e tive a primeira imagem dela ali prontinha pra encher a gente de emoção (‘cês’ já perceberam que eu sou chorona, né?!risos).

Pois bem, então, pega um lencinho se você for do tipo chorão/chorona, lembra da primeira vez que você foi a qualquer estádio ou de uma lembrança com valor sentimental da Fonte (ou de seu estádio de preferência) e vem comigo!

Arena Fonte Nova - 28.04.13

Cheguei cedo. Antes de 14h, estacionei o carro perto do estádio e fui andando pelo Dique até o estádio.  Fui à bilheteria trocar pegar o ingresso, pois havia comprado pela internet e perto de 15h entrei no estádio. Não teve fila para nada, fui muito bem atendida e orientada. Não sei se o público total no dia do jogo ajudou, foram pouco mais de 30 mil pessoas, mas eu não tive problema algum para entrar.

Foto: Clara Albuquerque

Na entrada, foram distribuídas caxirolas para o público (cada torcedor recebia duas) e Carlinhos Brown, inventor do apetrecho baseado no caxixi, deu uma aulinha de como usar o instrumento oficial da Copa das Confederações e da Copa do Mundo. O que eu achei da ideia? Sinceramente, achei simpática! O som das caxirolas não é irritante, misturado com o canto/grito das torcidas, aumentou o som/clima de estádio cheio. Elas são um espetáculo de criatividade? Representam uma cultura dos estádios brasileiros? Você é obrigado a chacoalhar ela por aí? Claro que não. Mas, me desculpem, a ideia não faz mal a ninguém e eu achei simpática sim.

Eu e as caxirolas

O jornal inglês The Guardiam, inclusive, publicou no domingo um artigo intitulado “Caxirola: poupe-nos do som da Copa do Mundo 2014 do Brasil”. John Crace, autor do artigo, escreveu: “Se você achou que as vuvuzelas eram ruins, espere até ouvir a caxirola, um pedaço de plástico verde e amarelo lançado pelo Ministério do Esporte brasileiro”. Você pode até não gostar, mas elas não são nem de longe chatas como as vuvuzelas. E estou dizendo isso depois de muito barulho (um show) da torcida do Vitória durante o clássico. Diante dos problemas para as Copas das Confederações e do Mundo, a caxirola, meus amigos, é um barulho insignificante.

Foto: Clara Albuquerque

Pra terminar o assunto das caxirolas, eu compreendo totalmente a revolta dos torcedores do Bahia. Esse time que entra em campo com a camisa tricolor é um reflexo dessa diretoria que está aí. E vocês já sabem o que eu penso desse assunto. Nada, no entanto, justifica arremessar qualquer objeto em campo. Agora que fique bem claro, a “revolta das caxirolas” veio de apenas uma parte da arquibancada ocupada pelos torcedores do Bahia e esse grupo não representa a maioria e o torcedor de verdade. Sou a primeira a dizer que é preciso melhorar a educação em nossos estádios (sim, também vamos ter que adaptar muita coisa da nossa cultura para esse novo modelo de arena), mas não vamos generalizar.

Foto: Clara Albuquerque

Voltando a Fonte Nova, eu achei tudo bem tranquilo, os banheiros femininos estavam limpos e sem fila e, ao menos no setor onde eu estava, as lanchonetes só formaram fila no intervalo. Os preços que realmente são meio salgados.

Foto: Clara Albuquerque

Eu amo a Fonte Nova e é daqueles amores que não diminui, mesmo com as mudanças. Sim, é claro que eu fiquei o tempo todo esperando o vendedor de sorvete de coco (melado de cajá ou similar) “feito com agua do Dique na casquinha de isopor” aparecer. Tem gosto de tudo que eu vivi na Velha Fonte. Vai ser eternamente o meu sorvete preferido. Não lamento, no entanto, o progresso, os estádios modernos e os novos conceitos inevitáveis do futebol moderno. O que lamento é que tudo isso chegue ao Brasil sem responsabilidade e também sem sensibilidade. Infelizmente, temos muitos exemplos disso, mas isso é assunto pra outro texto.

Comments 6 comentários »

Dica, Ora Bolas?! – EXTRA! EXTRA! Pague um e leve dois

A Dica, Ora Bolas?! de hoje é no estilo promoção de loja da esquina: pague um e leve dois. Tipo assim, conheça a nova Arena Fonte Nova e ganhe de brinde o maior clássico do Norte/Nordeste e um dos mais acirrados, porretas, malemolentes (‘cês’ não adoram essa palavra?) e emocionantes do Brasil.

Sim, eu sei que os ingressos já esgotaram para o primeiro clássico do ano, mas a dica de conhecer o novo estádio segue valendo para os jogos seguintes. Tem mais BaVi já confirmado lá no dia 28 de abril, e possivelmente, ainda pelo Campeonato Baiano, nas fases semifinais ou na grande final, além dos confrontos do Campeonato Brasileiro. Eta BaVi de primeira maravilhoso!

E o clássico desse domingo(07/04) tem tanta, mas tanta pimenta e pimentão que a gente não sabe nem por onde começar. É a inauguração do estádio. É o primeiro BaVi com os dois times na primeira divisão desde 2003. É o primeiro encontro dos rivais em 2013. É o reencontro do Bahia com sua casa. E que saudade…

Ao todo, foram disputados 306 BaVis na Fonte Nova e o Bahia tem larga vantagem sobre o Vitória: são 126 triunfos do Tricolor contra 78 do Rubro-negro – aconteceram ainda 102 empates. A torcida gritou Bora Bahêa Minha Porra em 356 gols, enquanto a arquibancada explodiu em rubro-negro 262 vezes.

Na história mais recente, no entanto, apesar dos tricolores reclamarem de Pituaçu (onde foram disputados nove clássicos, com apenas duas vitórias e quatro derrotas para o Bahia), o Vitória é quem leva a melhor. Nos últimos nove confrontos, o Bahia perdeu em três oportunidades, empatou em cinco e venceu apenas uma. O último clássico vencido pelo Bahia na Fonte Nova foi em fevereiro de 2004.

BRINDE DE CONSOLAÇÃO

Se você não pode aproveitar a “promoção” compre um e ganhe dois, no entanto, não se preocupe. O blog tem uma dica de brinde surpresa pra você: a partida, marcada para as 16h, terá transmissão pela Rede Bahia, para todo o estado da Bahia, em canal aberto e pelo canal fechado SporTV, para todo o Brasil. Agora, não tem desculpa, hein?!

E um aviso pra quem ainda quer um pitaco de quem vai vencer: aqui tem promoção, tem amor, tem futebol, mas também não é a dica da mãe Joana, não é mesmo?!

Por fim, que neste e em todos os outros clássicos e jogos na nossa nova Fonte, aconteçam muitas promoções. De gols, de sorrisos, de abraços e de alegrias. Acima de tudo, que essa nova fase promova mais respeito, paz e modernidade no futebol baiano. E que isso não seja nunca apenas uma dica.

Seja muito bem-vinda de volta aos nossos olhos, Fonte Nova. É impossível resistir a qualquer promoção que envolva você.

Comments 3 comentários »

Porque a gente adora uma aposta – Copa do Brasil

Conforme prometido, vamos às apostas para a Copa do Brasil, que começa hoje (‘cês’ não adoram os nomes dos times e estádios desconhecidos?) . Um mero exercício de adivinhação e diversão em muitos casos, é bem verdade,  mas o que vale é apostar, não é mesmo? A não ser que vocês estejam por dentro de times como Águia de Marabá-PA e Luverdense-MT!

Antes, pra quem ainda está confuso com esse novo formato da competição, alguns lembretes básicos:

Formato

Ao todo, serão 86 clubes no torneio que terá sete fases mata-mata. As equipes brasileiras que estão na Libertadores – Grêmio, Fluminense, Corinthians, Atlético-MG e Palmeiras – entrarão automaticamente nas oitavas-de-final, com a exceção do São Paulo, que no segundo semestre vai defender o título da Copa Sul-Americana. Na vaga do time paulista estará o Vasco, time mais bem colocado no Brasileirão 2012 depois dos classificados para o torneio continental. Quando essas equipes entrarem no torneio, haverá um sorteio para definir um novo chaveamento até a final.

Datas

1ª fase dias 3, 10, 17 e 24 de abril
2ª fase dias 1, 8, 15 e 22 de maio
3ª fase dias 3, 10, 17 e 24 de julho
4ª fase (oitavas) dias 21 e 28 de agosto
5ª fase (quartas) dias 23 e 30 de outubro
6ª fase (semifinais) dias 6 e 13 de novembro
7ª fase (final) dias 20 e 27 de novembro

Apostas
O formato mata-mata da Copa do Brasil dá mais espaço para surpresas, e eu confesso que elas dão um molho gostoso à competição. Como este ano ela será disputada durante todo o ano, no entanto, ela deve diminuir paradoxos como o do Palmeiras, em 2012, campeão da Copa do Brasil em julho e rebaixado em dezembro para a Série B do Brasileirão.

Em negrito, quem passa de fase:

Qua 03/04/2013 – 22h00 – Mangueirão e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Engenhão*

Flamengo x Remo

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Amigão e Qua 17/04/2013 – 20h30 – João Castelo – Castelão

Sampaio Corrêa x Campinense

Qua 03/04/2013 – 16h00 – Abadião e Qua 10/04/2013 – 22h00 – Castelão

Ceará x Ceilândia

Qua 10/04/2013 – 16h00 – Iberezão e Qui 25/04/2013 – 20h30 – Municipal Arapiraca

ASA x Santa Cruz-RN

Qua 03/04/2013 – 22h00 – Arena da Floresta e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Centenário

Internacional x Rio Branco-AC

Qua 03/04/2013 – 20h30 – Romeirão e Qua 10/04/2013 – 20h30 – Arruda

Santa Cruz x Guarani de Juazeiro

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Raulino de Oliveira e Qui 25/04/2013 – 19h30 – Ressacada

Avaí x Volta Redonda

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Resendão e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Independência

América-MG x Gurupi

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Glicério Marques e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Serra Dourada

Goiás x Oratório

Qua 03/04/2013 – 20h30 – Antônio David Farina e Qua 17/04/2013 – 15h00 – Bruno José Daniel

Santo André x Veranópolis

Qua 03/04/2013 – 22h00 – Lomanto Júnior e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Ilha do Retiro

Sport x Vitória da Conquista

Qui 11/04/2013 – 20h30 – Albertão e Qui 25/04/2013 – 20h30 – Frasqueirão

ABC x Parnahyba

Qua 10/04/2013 – 22h00 – Presidente Dutra e Qua 17/04/2013 – 19h30 – Barradão

Vitória x Mixto

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Cornélio de Barros e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Melão

Boa Esporte x Salgueiro

Qui 11/04/2013 – 21h30 – Primeiro de Maio e Qui 25/04/2013 – 20h30 – Durival de Britto

Paraná x São Bernardo

Qua 03/04/2013 – 20h30 – Alfredo de Castilho e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Heriberto Hulse

Criciúma x Noroeste

Qui 04/04/2013 – 21h50 – JOGO ADIADO e Qui 18/04/2013 – 22h00 – Couto Pereira

Coritiba x CSP

Qua 03/04/2013 – 21h30 – Roberto Simonsen e Qua 10/04/2013 – 16h00 – Zinho de Oliveira

Águia de Marabá – Nacional-AM

Qui 04/04/2013 – 21h50 – Presidente Médici e Qui 25/04/2013 – 20h30 – Moisés Lucarelli

Ponte Preta x Itabaiana

Qua 10/04/2013 – 22h00 – Ninho da Águia e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Nabi Abi Chedid

Bragantino e Águia Negra

Qua 17/04/2013 – 20h30 – Bezerrão e Qui 25/04/2013 – 21h50 – Engenhão*

Botafogo x Sobradinho

Qua 10/04/2013 – 21h30 – Roberto Simonsen e Qui 25/04/2013 – 20h30 – Rei Pelé

CRB x Fast

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Engenheiro Araripe e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Orlando Scarpelli

Figueirense x Desportiva Ferroviária

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Dos Pássaros e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Anacleto Campanella

São Caetano x Arapongas

Qua 10/04/2013 – 22h00 – Rei Pelé e Qui 25/04/2013 – 19h30 – Mineirão

Cruzeiro x CSA

Qua 03/04/2013 – 16h00 – Trabalhador e Qui 18/04/2013 – 20h30 – Centenário

Caxias x Resende

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Mangueirão e Qui 18/04/2013 – 20h30 – Serra Dourada

Atlético-GO x Cametá

Qua 03/04/2013 – 20h30 – Albino Turbay e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Arena Barueri

Barueri x Cianorte

Qua 03/04/2013 – 19h30 – Bento Freitas e Qua 17/04/2013 – 19h30 –

Atlético-PR x Brasil de Pelotas

Qua 10/04/2013 – 21h00 – Biancão e Qui 25/04/2013 – 20h30 – Nazarenão

América-RN x Ji-Paraná

Qua 03/04/2013 – 22h00 – Virotão e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Canindé

Portuguesa x Naviraiense

Qua 10/04/2013 – 21h00 – Ribeirão e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Mangueirão

Paysandu x São Raimundo-RR

Qua 10/04/2013 – 22h00 – Albertão e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Vila Belmiro

Santos x Flamengo-PI

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Bambu e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Arena Joinville

Joinville x Aracruz

Qua 10/04/2013 – 22h00 – Genervino da Fonseca e Qui 18/04/2013 – 20h30 – Aflitos

Náutico x Crac

Qua 03/04/2013 – 16h00 – Moça Bonita e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Arena do Jacaré

Betim x Bangu

Qui 11/04/2013 – 21h50 – João Castelo – Castelão e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Pituaçu

Bahia x Maranhão

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Municipal Juiz de Fora e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Passo das Emas

Luverdense x Tupi-MG

Qua 10/04/2013 – 20h30 – Batistão e Qua 17/04/2013 – 20h30 – Brinco de Ouro

Guarani x Confiança

Qua 10/04/2013 – 20h30  e Qua 17/04/2013 – 22h00 – Presidente Vargas

Fortaleza x Luziânia

Ufa! Depois, então, a gente vê como é que eu me saí nessas apostas! E fiquem à vontade para apostar e/ou discordar nos comentários!

Comments Nenhum comentário »


Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/claraalbuquerque/claraalbuquerque.com.br/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356