Arquivo de abril 2016

O inverso e o avesso na final da Copa do Nordeste!

final cne 2016

Com a chegada de Milton Mendes, o Santa Cruz cresceu na hora certa e virou pelo avesso (só que do lado bom pro seu torcedor agora!). A expectativa no início da temporada era grande, mas o tricolor pernambucano decepcionou na largada. Tropeçando, se classificou na segunda colocação na fase de grupo e passou pelo mata-mata da Copa do Nordeste rodeado de desconfiança. O time do novo treinador, no entanto, evoluiu e mudou consideravelmente sua postura em campo. Primeiro, vale destacar o emocional dos jogadores, muito mais concentrados e confiantes que antes. Mais importante, o Santa Cruz que chega à final é uma equipe mais compactada, defensivamente acertada e com um meio de campo mais interessante com João Paulo e Uillian Correa. No ataque, Grafite passa por ótimo momento, unindo inteligência à velocidade e ousadia de Keno. Com Milton Mendes, foram seis jogos três vitórias e três empates.

Do outro lado, o Campinense parece viver momento inverso, ainda que isso não tenha determinado a desclassificação da equipe na própria Copa do Nordeste e no estadual. As derrotas, inexistentes no início da temporada, começaram a dar as caras e Francisco Diá tem tido trabalho pra manter a equipe organizada e “energizada” em campo. Artilheiro do ano, no Brasil, Rodrigão chegou a ficar quatro partidas sem balançar as redes. O Campinense precisará de fôlego renovado pra final. Assim como fez com o Sport, na semifinal, deve jogar o primeiro jogo no contragolpe pra tentar levar um bom resultado pro Amigão.

O roteiro lógico, imaginando um gráfico de crescimento do Santa Cruz e de queda do time paraibano, indica um favoritismo dos pernambucanos. O Campinense, no entanto, não tem tido problemas em derrubar favoritos.

Em números, o momento de crescimento do Santa Cruz

Nos primeiros 10 jogos da temporada:
4 vitórias / 3 empates / 3 derrotas / 11 gols pró / 9 gols contra

Nos últimos 10 jogos da temporada:
5 vitórias / 4 empates / 1 derrota / 12 gols pró / 7 gols contra

Do outro lado, parece acontecer o inverso com o Campinense

Nos primeiros 10 jogos da temporada:
7 vitórias / 3 empates / 0 derrotas / 17 gols pró / 5 gols contra

Nos últimos 10 jogos da temporada:
4 vitórias / 4 empates / 2 derrotas / 10 gols pró / 4 gols contra

Comments Nenhum comentário »


Warning: readfile(../ga.txt): failed to open stream: No such file or directory in /home/claraalbuquerque/claraalbuquerque.com.br/wp-content/themes/mandigo/footer.php on line 356