Caminhos, direções, esquerdas e direitas para 2014

Vire a esquerda para mudanças. Se a intenção for seguir o planejado, vire a direita.

Esquerda ou direita?!

E assim o Bahia pegou o caminho da esquerda e o Vitória pegou o da direita.

 

Bahia 2014

Sim, porque o Bahia é um novo Bahia. Um time que mudou de comando, de atitude, de sentimento, de elenco e de posicionamento. Que tirou da bagagem todo o peso que fazia o caminho parecer muito mais longo, tortuoso e embolado. Um caminho que não tinha futuro e que desrespeitava o passado.

O novo Bahia trouxe um técnico com novas ideias e pensamentos modernos. O novo Bahia saltou de 600 sócios para quase 20 mil depois de deixar as malas sem alças pelo caminho. O novo Bahia trouxe reforços e se livrou de fracassos. O novo Bahia deixou o desanimo pra traz e trouxe a força do torcedor pro seu lado durante sua viagem. Uma viagem onde nem tudo é unanime ou correto (eu não teria destravado as portas para a saída de Feijão, por exemplo), mas que tem um destino desejado em comum. E isso faz toda a diferença na mudança.

E por falar em mudança, o Tricolor que veremos em campo está bastante reformulado. Com todos os contratados disponíveis (dois reforços, Maxi e Pittoni e 11 apostas) no papel, eu escalaria um Bahia ofensivo, sem um atacante de referência na área. Maxi faz o que o povo resolveu chamar agora de falso 9 e outros dois atacantes preenchem o ataque pelos lados. Só não vale ficar cruzando pra área, não é?! Tem que ver se o time vai dar liga pra manter a bola no chão nessa formação.

Como opção, torço muito pelo sucesso do garoto Rafael Gladiador. É boa opção usar o centroavante pro segundo tempo de um jogo enjoado, por exemplo. No meio, escalei Branquinho, mas é uma posição que Talisca pode brigar pra entrar. O que é uma boa pro moleque crescer. No mais, só quando a bola rolar.

Agora vamos pra direita. Porque esse é o caminho do Vitória. Um time que fez uma campanha SENSACIONAL em 2013 e quer não quer mudar de rumo. A gente fala tanto da dificuldade de clubes nordestinos (ou com menos poder financeiro) em competir de igual pra igual com os grandes do futebol brasileiro e o Vitória de 2013 (tendo acabado de voltar pra série A) mostrou que é difícil, mas não é impossível.
Escalação Vitoria 2014
E o Rubro-Negro deu uma bela guinada em manter boa parte de seu elenco e o técnico Ney Franco, que conseguiu fazer um Vitória eficiente e bonito de se ver. Sobre a saída de Maxi, pior seria perder Escudero. Ele é o responsável pelo equilíbrio do Vitória em minha opinião.

O Vitória começa 2014 com a quinta marcha engatada, com uma direção clara e muito combustível. Abaixo, minha escalação ideal antes da bola rolar (e uma defesa meio no escuro já que precisamos ver que dupla de zaga vai funcionar)!

Wilson; Ayrton, Dão, Ferrari e Mansur; Cáceres, Escudero e Juan; Marquinhos, Willie e Pedro Oldoni.

Dito isso e já que a Copa do Nordeste COMEÇOU HOJE (corre pra garantir o Esporte Interativo Nordeste na sua telinha, minha gente!!!!!!), vamos aos meus palpites grupo por grupo. Mas, antes, vamos lembrar que:

A Copa do Nordeste terá um calendário maior: em 2014, a Copa do Nordeste começa em janeiro e termina em abril. O sucesso da competição fez com que ela tivesse o tempo de duração aumentado.

A Bola oficial da competição ganhou o nome de Asa Branca, escolha dos próprios torcedores que votaram pela internet. A bola é a primeira do Brasil que tem estampada a marca da competição. Ela foi fabricada em Itabuna, na Bahia, por isso tem a inscrição “made in Nordeste”.

Álbum de Figurinhas: a partir de fevereiro, chega o álbum de figurinhas oficial da competição, feito pela Panini . Além da Copa do Nordeste, somente o Campeonato Brasileiro tem um álbum de figurinhas, no Brasil.

Premiação: as cotas aumentaram, com relação à Copa do Nordeste de 2013. Agora, o campeão pode levar, entre direitos comerciais e bilheteria, R$ 3 milhões.

Estádios de Copa: no ano passado, a inauguração do primeiro estádio de Copa, o Castelão, foi realizada em uma rodada dupla pela Copa do Nordeste. Neste ano, quatro estádios de Copa irão receber jogos da competição: Arena Pernambuco, Arena das Dunas, Fonte Nova e Castelão.

Vaga na Sul-Americana: o campeão da Copa do Nordeste deste ano, garante vaga na Copa Sul-Americana.

Grupo A:
Vitória
, América-RN, Confiança e Sergipe
Grupo B:
Bahia, Santa Cruz
, CSA e Vitória da Conquista
Grupo C:
Ceará, CRB
, Treze e Potiguar de Mossoró
Grupo D:
Sport, Náutico, Guarany de Sobral e Botafogo-PB

Favoritos ao título: Vitória, Ceará, Sport e Bahia (nessa ordem)

Comentar

*